Páginas

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Rabiscos e um guardanapo



Amar é...
Sei lá que pombas é amar, já nem sei mais. Nunca me deram a chance de amar.
Por enquanto amar é algo vago, algo que só se vê em filmes ou em obras de Nicholas Sparks com seus happy endings.
Me cansei de romances passageiros. Sofremos a emoção do momento mas não temos tempo de sentir algo além daquilo, e em um piscar de olhos, em uma distração já está de coração partido.
Bobeira!
É como um circo. Te encanta com toda a sua beleza e magia, e em um intervalo brevíssimo de tempo simplesmente vai embora, sem ao menos dizer Adeus.
Sem drama, isso foi apenas um desabafo

Um comentário:

  1. Me identifiquei, e adorei a analogia do circo. =]

    ResponderExcluir